Batalha de India Muerta (IV): Manoel Marques de Sousa

Parte dada pelo sargento mor Manoel Marques de Sousa, comandante da ala esquerda da cavalaria, da Batalha de India Muerta

[manteve-se a ortografia originl, com pequenas adaptações]

Il.mo e Ex.mo Snr. = Meu prexado Pai e Sñr = Como já comuniquei a V Ex.’ no dia 17 do corrente marchou a Divizaõ da Vanguarda, e duas Companhias de Cassadores da 2.ª Brigada com direçaõ ao saco do Alferes em procura da Divizaõ Inimiga, tendo primeiramente avançado a 2.ª Brigada, e transportes para o Passo do Conselho, e a dita Divizaõ ficada emboscada no Passo de Castilhos, e Caza de Talayer athe a noite que demos principio a nossa marcha.

No dia 18 fomos amanhecer junto a Caza de Antonio de Souza onde ja encontramos duas Partidas inimigas as quaes se foraõ retirando, e ao mesmo tempo fazendo as maiores diligencias por reconhecer as nossas forças, o que sempre se procurou ocultar, perseguindo os seus Espioens; e fomos ficar junto a Caza de Manoel dos Santos na Costa do Arroio da India Morta.

No dia 19 continuamos a marcha, passamos o sitado Arroio, desde onde montados. Seguimos a occupar a Poziçaõ em que está o Posto da Estancia da Velha Velasques, e entaõ se retiraraõ para outro de Manoel Patricio por onde marchamos, e donde fizemos alto e se mandou matar gado para a Tropa comer: estavamos neste arranjo quando fomos inquietados pelos seus Cassadores, e as honze horas e meia principiamos a descobrir a sua Coluna que marchava a tomarnos a retaguarda, e immediatamente pegamos as Armas, e retrogradamos a tomar poziçaõ, e em quanto passavamos hum grande pantano, o inimigo occupou o que lhe convinha, e da forma que mostra a Planta junta, deixamos o Passo cuberto por huma Companhia de Cassadores para que as Partidas que nos tinhaõ hido chamando, e que já entaõ se achavaõ reunidas naõ nos atacassem pela retaguarda. A nossa Ordem de Batalha foi a que igualmente denota a Planta a saber os dous Esquadroens da Divizaõ de Voluntarios Reaes no flanco direito o de S. Paulo, e Melicias no flanco Esquerdo, 4 Companhias de Granadeiros, e hum Obuz no centro, e trez Companhias de Cassadores divididos nos entervallos dos Esquadroens e Granadeiros.

Faltavaõ ainda alguns minutos para o meio dia quando romperaõ o fogo porem na mesma poziçaõ, e os seus Cassadores montados faziaõ hum tiroteio infernal, e que eraõ correspondidos pelos nossos; fomos avançando na mesma Ordem; porem pertendendo o Inimigo cercarnos pelo flanco direito foi carregado por hum Esquadraõ da Divizaõ o qual foi envolvido naõ só pela força que nos pertendia cercar, como pela sua rezerva, o que obrigou ao Esquadraõ da Divizaõ retirarse já com huma grande perda, entaõ foi ooutro Esquadraõ apoialo, e logo se viraõ todos involvidos; pela nossa perda pode V Ex.ª calcular a rezistencia do Inimigo que ao depois de muita sangue cedeo a bravura dos Esquadroens da Divizaõ deitando a fugir huns pela Esquerda, e outros para o centro da sua linha, ou posto da Velha Velasques, em cojos cercados se emboscaraõ algumas dos Companhias dos Negros, e fizeraõ hum fogo horrivel aos ditos Esquadroens. A Esquerda que eu tive a honra de Comandar posto que naõ sofresse tamanha carga naõ nos deixou de tocar grande parte; primeiramente sofremos huma porçaõ de tiros de Artilharia dos quaes fo¡ ferido levemente ao soláes da espalda o Sarg.””” Jozé Pedro Galvaõ por huma balla de lanterneta, e alguns Cavallos mortos:

Logo depois como a Companhia que tinha ficado cobrindo o Passo da Retaguarda ja nos ficara a grande distancia pertendeo o Inimigo cortala; mandei o meio Esquadraõ da Esquerda apoiala porem como fosse este logo carregado por huma grande força poz se em retirada, e como visse que já lhe vinhaõ achegar a retaguarda avancei com o outro meio Esquadraõ, e logo o que vinha em retirada se vio apoiado, voltou sobre o Inimigo, e carregamolo athé fazer passar o pantano em cuja carga morreu-me hum Soldado Paulista, e foraõ trez baleados e alguns Cavallos sendo hum delles o do Major Jose Pedro Galvaõ, e eu escapei naõ sei como de trez que positivamente me vieram atacar a frente do Esquadraõ, pois que hindo eu descarregar hum golpe sobre hum que eu perseguia senti huma grande pancada sobre o braço e hombro direito; olhei e vi que era hum Official, e que já me hia asegundar outra cutelada, a qual desvieime, e fui logo sobre elle, a este tempo já me acometiaõ dois mais com lanças porem fui defendido por Soldados, e Officiaes do meo Esquadraõ; e tive a felicidade de que como tinha o braço levantado quando recebi acutilada levasse a Espada muinta dobra da farda, de forma que embaraçou, e só me fez hum grande vergaõ; immediatamente fui apoiado pelos Cassadores, e fiz passar o pantano, e continuei a carregallos athé os dezalojar da poziçaõ H onde se foraõ reunir e logo athé fazelos passar ao outro lado do Rio aonde se tornaraõ a reunir, e de onde sofre hum fogo vivo e me mataraõ 3 Cavallos, e me matariaõ os Soldados senaõ desse fé de que ficaraõ a pé, e que já vinhaõ sobre elles voltei em seu socorro, e ainda os pude salvar; entaõ chegou a Infantaria, que sempre como os Cassadores nos acompanharaõ amarcha, e como lhe desse duas outrez descargas de Companhias, todo que era Cavallaria botou a fugir, e mesmo Infantaria, e muito parte desta se escondeu pelo mato do Arroio. A Cavallaria da Divizaõ, naõ so por estar com os seus Cavallos inteiramente estropeados como para cubrir a retaguarda ficou junto a Caza do Posto da Velasques.

Finalmente ao depois de quatro horas e meia de hum fogo horrivel conseguimos a completa derrota do Inimigo. Havendo cahido em nosso poder huma Pessa de bronze C. 3 ainda com 24 tiros, e os seus utensilios, huma porçaõ de armas que se inutilizaraõ a maior parte 30 Prezioneiros entre brancos e pretos, hum grande n° de Cavallos arreados dos de Infantr.°, e nao lhe tomamos mais Prezioneiros e Cavalhada porque estavamos com os Cavallos cançados, e elles muito bem montados. Pelo que respeita a mortos naõ sei dizer o numero porque os que lhe hiaõ morrendo os arrastavaõ a esconder, e só o naõ poderaõ fazer aos que perderaõ na ultima carga, e no Paço; perderaõ alguns officiaes, entre os quaes foi hum Ajudante d’ordens, e querem alguns que morresse tambem o seu Chefe Fructuoso Ribeiro, o que posto naõ afiancei naõ deixo de me conformar pela dezordenada fuga, tendo ao principio batidose com tanto denodo.

A nossa perda foi concideravel, principalmente na Cavallaria da Legiaõ (aliaz) da Divizaõ no numero dos mortos deste Campo contase o Major Duarte, e nos feridos mortalmente o Tenente Coronel Tovar, e o Capitaõ Miguel Pereira, nos da Infantaria o Alferes de Granadeiros Cruce, o qual posto ainda respira, o reputamos por morto, pois já tem parte dos miolos fora. A força do Inimigo naõ sabemos exactamente, e posto que alguns queiraõ avançar a mais de dous mil homens en julgo que nao excederla de 1.700 a 1.800 entre Infantr.” e Cavalr.” Depois de tudo concluido nos posemos em retirada, e ontem por noite viemos chegar a este Acampamento onde foi recebido o Sñr Ajudante General pela Tropa em Armas, Vivas &.’ Temos ordem para marcharmos amanhaa e talvez vamos a Rochas. Rogo a V. Ex.ª mande ao nosso General Governador o rezumo destas noticias em quanto naõ partecipo; e ao Mano Oliveira =

Acampamento de Chafalote 21 de Novembro de 1816 = De V Ex.ª = Filho muito obediente, e Amigo = Manoel Marques de Souza

P.S. = Remeto juntamente a relaçaõ dos mortos e feridos, e contuzos que tive no Esquadraõ do meu Comando, em cujo n.º naõ me quiz meter por assim o julgar deveria fazer
Relaçaõ dos feridos, e Mortos dos Esquadroens de S. Paulo na Batalha do Campo denominado Cuxilha da India Morta no dia 19 de Novembro de 1816.

Major José Pedro Galvaõ = Teve huma contuzaõ de metralha nas costas sobr. pescosso
Furriel Antonio Jose Pessoa = Huma contuzaõ de halla de Clavina na perna levemente
Trombeta Domingos da Costa = Huma ferida de halla na coixa

Soldados Francisco de Albuquerque = Ferida de baila nas costas
Joaõ Baptista da Silva = Ferida de Balla na perna
Fernando Rodrigues = Ferida levem.’e de bala no lado direito
Jose Domingues = Contuzaõ na perna feita com balla levem.”
Jose Antonio Monteiro – Morto

Infantr.° da Divizaõ
Mortos- 3 = Gravemente feridos- 18 = Levemt.` 14
Cavalaria
Mortos 1 Major – 1 Sargento – 23 Soldados e Cabos =
Gravemt.` feridos 1 Tenente Coronel – 1 Capitaõ – 1 Sargento Ajudante 1 Furr.el e 22 Sold.”

Força da Divizaõ
Infantaria 645
Cavalaria 129
S. Paulo e Melicias 106
880 que entraraõ em Combate


Fontes
– Comisión Nacional Archivo Artigas, Archivo Artigas, Montevideo, Monteverde, tomo 31.

Sobre Jorge Quinta-Nova 71 artigos
Rato de biblioteca. Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas na UAL, pesquisa desde 2007 o Exército Português nos finais do Antigo Regime, durante as Guerras Revolucionárias, principalmente Carlos Frederico Lecor, de quem anda reconhecidamente Em Busca. É um reputado amante da Medalha Militar, entre a fundação em 1863 e 1911.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*