1.º Combate de Zugarramurdi, 13 de agosto de 1813

18 dias antes do 2.º combate de Zugarramurdi, cujo relatório do Marechal de Campo Lecor transcrevi no post respetivo, a mesma Brigada Portuguesa da 7.ª Divisão havia sido ordenada a atacar os franceses na vila basca.

Segue o relatório que Lecor escreveu a Manuel de Brito Mozinho, secretário militar do Marechal Beresford. Talvez esta fonte primária possa ajudar a perceber as ações de 31 de agosto.

Illmo. Senhor,

Tenho a honra de participar a V. S.ª para por na prezença do Illmº e Exmº Mar.al Marquez de Campo Mayor que tendo o Gen. Lord Darluze ordenado no dia 13 de tarde que duas Companhias do Regimento de Infantaria n.º 19 occupassem o Povo de Zugaramura, ao pôr do sol o inimigo atacou este Povo com forças mtº supperiores, e obrigou as ditas Compªs a evacuarem o dº Povo para evitarem ser envolvidas protegendo a sua retirada hum piquete do Batalhão de Cass.es n.º 2 perdendo hum e outro corpo os indeviduos q constão do mappa que remeto incluzo.

O inimigo teve de perda 2 officiaes e 5 soldºs mortos e 15 feridos.

O sobredº Povo achase ainda occupado com hum piquete francez.

Deus guarde a V. Sª muitos anos. Campo da 7.ª Divisão 15 de Agosto de 1813

Illmo. Sr. Manuel de Brito Mozinho

Carlos Frederico Lecor

M de C.

Arquivo Histórico Militar, AHM 1-14-243-19

Participaram desta ação, os seguintes:
– Regimento de Infantaria n.º 19 – 190 homens : Capitão John Ross;
– Batalhão de Caçadores n.º 2 – 453 homens: Major Zuhlcke

Sobre Jorge Quinta-Nova 71 artigos
Rato de biblioteca. Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas na UAL, pesquisa desde 2007 o Exército Português nos finais do Antigo Regime, durante as Guerras Revolucionárias, principalmente Carlos Frederico Lecor, de quem anda reconhecidamente Em Busca. É um reputado amante da Medalha Militar, entre a fundação em 1863 e 1911.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*